Deus ainda fala por Eliane Malpíghi

Quantos são os momentos de nossas vidas, quando enfrentamos algum tipo de situação que, de tão estressante, nos dá a sensação de sermos desamparados, desenganados, desesperançados, desestruturados. Mas isso acontece com quem ama a Deus? Com quem o convidou para ser o Senhor da sua vida? Não deveria, mas acontece, pois a guerra é travada em nossa mente. Ela é o campo de batalha onde o inimigo de nossas almas atira sua maior arma: a mentira! Provérbios 23.7 afirma: “Como um homem pensa em seu coração, assim ele realmente se torna.”. E isso significa que dependerá de mim, decidir aceitar o que o meu inimigo diz que sou, ou aquilo que Deus afirma que eu sou Nele. A questão, aqui, não é sofrer uma momentânea fraqueza, mas tomar a decisão de não aceitar que ela passe a dirigir a minha vida. Como fazer isso? Orando como Davi: “Os cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; encontrei aperto e tristeza. Então invoquei o nome do Senhor, dizendo: Ó Senhor, livra a minha alma. Piedoso é o Senhor e justo; o nosso Deus tem misericórdia. O Senhor guarda aos símplices; fui abatido, mas ele me livrou. Volta, minha alma, para o teu repouso, pois o Senhor te fez bem. Porque tu livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas, e os meus pés da queda. Andarei perante a face do Senhor na terra dos viventes”.Sl 116:3-9

 

Beijos e bênçãos

Eliane Malpighi

 

Anúncios

Deixe sua marca aqui no OMUNDODALI.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s